Especialidades

O nefrologista atua no diagnóstico e tratamento das doenças que acometem os rins, ureteres, bexiga e uretra. Como a cistite recorrente, cálculos nas vias urinárias, lesão renal aguda, doença renal crônica e outras patologias do sistema urinário.

O neurologista trata dos distúrbios do sistema nervoso. Especificamente, com o diagnóstico e tratamento de todas as categorias de doenças que envolvam o sistema nervoso central (encéfalo e coluna) e periférico (gânglios e nervos). Esses distúrbios podem ser observados pelo proprietário como: desorientação, convulsões, cabeça pendida para o lado com quedas, cegueira súbita, paralisia de membros, demência, entre outras.

O oncologista é especializado para diagnosticar e tratar o câncer em animais. É aquele profissional que se ocupa da abordagem geral, do cuidado com paciente e especificamente da prescrição de tratamentos, para se obter um aumento de qualidade de vida e manutenção do bem estar animal.

O oftalmologista se dedica a preservação da saúde ocular e a restauração da visão dos animais para garantir sua qualidade de vida. É uma área de atuação fundamental, pois quando diagnosticada precocemente, é possível o tratamento e recuperação na maioria das doenças oculares. Por isso é recomendado o check up oftalmológico na primeira infância e depois iniciar aos 7 anos exames anuais como prevenção de doenças oculares.

O dermatologista é o profissional capacitado para diagnosticar, previnir e tratar problemas de pele, pelo, unhas e ouvidos, através de estudo detalhado das lesões que acometem o animal.

O endocrinologista atua na prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação da saúde dos animais que apresentam doenças que afetam as glândulas produtoras de hormônios (glândulas endócrinas).

O cardiologista é o grande responsável pelos cuidados com o coração de cães e gatos, cujo principal objetivo é identificar os sinais precoces das doenças cardíacas. Esta identificação permite intervenção terapêutica correta e desaceleração da evolução da doença, aumentando a sobrevida, mantendo a qualidade de vida e diminuindo as complicações do paciente.

Voltar